Cuidados à saúde da gestante no âmbito da Atenção Primária

Suzely Adas Saliba Moimaz, Gleice Tibauje Vicente Ramirez, Nemre Adas Saliba, Tânia Adas Saliba

Resumo


Introdução: Garantir o acesso e o acolhimento de todas as mulheres, durante as diversas fases do ciclo gravídico-puerperal, desenvolvendo atividades de promoção e prevenção à saúde, cura e reabilitação, além de cuidados com o recém-nascido, são atividades requeridas na Atenção Primária à Saúde. Avaliar essas ações é fundamental para melhora da qualidade dos serviços prestados. Objetivo: Neste trabalho, o objetivo foi verificar quais são os cuidados ofertados à saúde da gestante na Atenção Primária, de acordo com o Protocolo da Atenção Básica da Saúde das Mulheres. Materiais e Métodos: Realizou-se um estudo transversal em 15 Unidades de Saúde da Família- USF, em área urbana, de um município do Brasil. Foi utilizado roteiro semiestruturado, em forma de entrevista com os gerentes de 15 USF. Resultados: Os resultados mostram padronização no fluxograma de gestante e prontuários utilizados em todas as unidades. Em 93,33% das unidades ocorrem o mapeamento dos domicílios com gestantes e visitas domiciliares e em 86,67% acontece o monitoramento das gestantes na área de abrangência das equipes de saúde da família. O tratamento curativo odontológico ocorre em 93,34% das USF e em 73,34% há práticas de educação em saúde bucal durante a gestação. Conclusão: Conclui-se que há uniformidade dos prontuários e do fluxograma na Atenção Primária à Saúde da gestante, entretanto, constituem ainda um desafio a busca ativa e visitas domiciliares, assim como as práticas educativas e o cuidado odontológico.


Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde; Gestantes; Promoção da Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/sdh.v8i3.6713

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2317-8582

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000