“Polícia Federal deporta 450 imigrantes ilegais venezuelanos de Roraima”: um estudo sobre remediation, positivismo e pós-positivismo no jornal O Globo

Roberto Rodolfo Georg Uebel, Sonia Maria Ranincheski

Resumo


As migrações internacionais para o Brasil vêm recebendo destaque da imprensa nacional desde a migração em massa de haitianos e africanos a partir de 2010. Mais recentemente, outro fluxo destacado diariamente é o dos venezuelanos, categorizados entre imigrantes econômicos, refugiados e asilados políticos, que em virtude da crise política, econômica que vive a Venezuela, buscam amparo no Brasil. Assim, este artigo realiza um estudo de caso, analisando por meio de reportagem do jornal de grande circulação O Globo, as percepções dadas pelo jornalismo brasileiro em relação a esta onda migratória. Utilizando-se do conceito de remediation, mostramos que a questão migratória é exibida sob uma ótica positivista e pós-positivista por meio da imprensa brasileira.


Palavras-chave


Imigração; Venezuelanos; Brasil; Remediation; Positivismo;Pós-positivismo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/dialogo.v0i37.3879

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

 

Indexadores

DiadorimLatindex