A cultura do recreio escolar

Hugo Norberto Krug, Rodrigo de Rosso Krug, Marilia de Rosso Krug, Cassiano Telles, Patric Paludett Flores

Resumo


O estudo objetivou compreender a cultura do recreio de alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental (AIEF), de escolas da rede de ensino municipal, de uma cidade da região sul do Brasil. Caracterizamos a pesquisa como qualitativa do tipo estudo de caso etnográfico. Os instrumentos utilizados foram a observação participante e o diário de campo. Participaram 2509 alunos dos AIEF de quinze escolas da referida rede e cidade. As considerações finais foram: 1) a cultura da ocupação do espaço físico e dos materiais disponíveis é caracterizada pela concentração em uma quadra esportiva e pela pouca diversidade e quantidade de materiais disponíveis; 2) a cultura de jogos, brinquedos e brincadeiras realizadas é caracterizada pela prática com maior frequência de dois tipos de jogos (futebol e pegador), possuindo um conjunto limitado em relação à sua diversidade; 3) a cultura da agressividade dos alunos é caracterizada por não ocorrer muita agressividade, mas que apareceram algumas formas de pequenas agressões, sendo a ocorrência das agressões físicas em maior quantidade que as verbais, prevalecendo os alunos mais velhos e do sexo masculino os que possuem mais atitudes agressoras; 4) a cultura das relações de gênero dos alunos é caracterizada por na maior parte do tempo do recreio os meninos e as meninas não brincarem juntos; e, 5) a cultura de exclusão ou inclusão dos alunos deficientes é caracterizada pelo aparente bom acolhimento pelos seus colegas ditos normais e pela participação da maioria destes nos jogos, brincadeiras e brinquedos.

 


Palavras-chave


Educação Fundamental; Recreio Escolar; Cultura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/dialogo.v0i41.4787

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

 

Indexadores

DiadorimLatindex