Cultura e Política e a Opção dos Atingidos por Hidrelétricas

Jennifer Azambuja de Morais, Matheus Müller Schwanz

Resumo


A construção de usinas hidrelétricas ocasiona impactos sociais, pois é necessária a realocação de famílias ribeirinhas para a implantação do empreendimento. Por isso, objetiva-se pesquisar esse processo, compreendendo a influência da cultura política na tomada de decisão dos cidadãos atingidos na bacia do Rio Uruguai sobre as modalidades de remanejamento. O protocolo adotado é o quantitativo, apresentando uma análise descritiva dos dados do Projeto “Avaliação dos Resultados e Proposição de Modelo de Elaboração de Programas de Remanejamento da População Atingida por Empreendimentos Hidrelétricos (2010-2014)”. Os principais resultados indicam que as variáveis participação, confiança interpessoal e institucional impactam na opção pela modalidade de remanejamento.


Palavras-chave


Cultura Política; Tomada de Decisão; Remanejamento; Atingido por Barragens.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/dialogo.v0i39.4871

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000