Uma perspectiva crítica sobre a capacidade dos Estados Latino-americanos

Fábio Hoffman Maciel Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho é apontar os alcances e limites explicativos do conceito de capacidade de Estado aplicado a realidade latino-americana. Como subsídio empírico à reflexão teórica, lançamos uso de dados longitudinais do Projeto Variedades de Democracia (V-Dem) e do Latinobarômetro. Resultados indicam que devemos evitar rótulos como “atrasados” ou “Estados patrimoniais”, e sim compreender as especificidades da região, como a cultura política, a própria gênese destes Estados e o modo como se incorporaram ao conflito geopolítico mundial no capitalismo avançado.


Palavras-chave


Capacidade de Estado; América Latina; Democracia; Cultura Política.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/dialogo.v0i44.5778

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

 

Indexadores

DiadorimLatindex