Inclusão, empresa e psicopedagogia

Priscila Aguirre Cabreira, Claus Dieter Stobaus

Resumo


O presente trabalho é uma revisão bibliográfica que tem como objetivo focalizar uma questão muito relevante em nossa sociedade, discutida nos dias atuais, que é o processo de inclusão empresarial da pessoa com deficiência no mercado de trabalho, já que esse processo, tanto na sociedade, na educação como no mercado de trabalho vem passando por provações. Muitos deficientes têm que mostrar o grau de capacidade e qualificação para que sejam incluídos no meio social, o que muitas vezes não ocorre pela falta de conhecimento e qualificação de alguns deles. Hoje, as empresas precisam contratá-los em função de cumprir a obrigatoriedade da Lei de Cotas, mas muitas empresas encontram dificuldades nesta contratação por diversos fatores presentes. Analisamos o tema a partir de algumas considerações, de que as empresas não devem apenas contratar deficientes pelo fato de cumprir a lei, mas devem fazê-lo por uma questão de responsabilidade social. Portanto, nosso trabalho também levantou, junto às empresas, elementos sobre as eventuais dificuldades encontradas ao longo do processo de contratação e o que ocorre posteriormente. Verificamos como a empresa realiza a inclusão e o acompanhamento do desempenho do deficiente em seu ambiente de trabalho. Reafirmamos, então, que o trabalho do psicopedagogo auxilia a empresa na obtenção de melhorias nos relacionamentos interpessoais, relações laborais e produtividade deste deficiente.


Palavras-chave


Deficiente; Inclusão; Mercado de Trabalho; Empresa; Psicopedagogia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/582

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

 

Indexadores

DiadorimLatindex