Atores não governamentais na política externa e na política pública

Alessandro Calidoni

Resumo


Em um mudo caracterizado pelas relações continuas entre indivíduos da sociedade, cabe analisar a influência dos atores não governamentais no ciclo da política. Por meio de uma reflexão teórica, o texto propõe enfatizar o papel dos atores não governamentais na implementação de ações que podem afetam o ciclo das políticas públicas e externas por meio de suas ações. Considerando a estreita relação entre política pública e política externa, se fundamental considerar as peculiaridades de cada ator envolvido no processo de formulação de políticas, para examinar as relações que se instauram entre atores governamentais e não. O artigo quer estimular a meditação relativa ao papel que os atores não governamentais desempenham no âmbito domestico e internacional, focando na análise da sociedade no formulação de políticas. O texto oferece uma análise ampla com o objetivo de ressaltar a importância do engajamento cívico de cidadãos e grupos da sociedade civil que, tornando-se sujeitos ativos, resultam em fatores fundamentais para que políticas sejam implementadas tanto no âmbito nacional que internacional.


Palavras-chave


engajamento cívico; política pública; política externa, sociedade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/dialogo.v0i49.9220

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000

 

Indexadores

DiadorimLatindex