GESTÃO AMBIENTAL E LICITAÇÕES SUSTENTÁVEIS: UMA ANÁLISE DE UNIVERSIDADES FEDERAIS GAÚCHAS SOB A ÓTICA DO TCU

Greice Eccel Pontelli, Flavia Luciane Scherer, Maíra Nunes Piveta

Resumo


A Administração Pública vem aprimorando suas rotinas com ênfase na sustentabilidade e, como forma de prestar contas, encaminha anualmente ao Tribunal de Contas da União (TCU) os respectivos relatórios de gestão. Neste sentido, esta pesquisa tem por objetivo compreender como as ações das Universidades Federais do Rio Grande do Sul se relacionam com a gestão ambiental e com as licitações sustentáveis nos exercícios datados de 2011 a 2014. Para isso, desenvolveu-se um estudo de natureza quantitativa e qualitativa, do tipo descritivo, realizado por meio de uma pesquisa documental. A partir da legislação vigente acerca do tema gestão ambiental e licitações sustentáveis, foram identificados os quesitos exigidos pelo TCU. Na sequência, foram analisadas as práticas sustentáveis adotadas, sua evolução e, posteriormente, foi realizado um diagnóstico do desempenho das universidades no período de 2011 a 2014. Dentre as instituições analisadas, apenas a UFSM possui um Plano de Gestão de Logística Sustentável, e a UFRGS mostrou-se como a única que participa da Agenda Ambiental da Administração Pública. Já a UFPEL incentiva seus servidores sobre o tema sustentabilidade com campanhas e cursos, enquanto a FURG tem preferência por bens passíveis de reutilização e que levem em conta aspectos como qualidade e durabilidade.

 


Palavras-chave


Gestão Pública; Administração Pública; Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/2316-5537.16.27

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-5537

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000