As doenças negligenciadas e os determinantes sociais da saúde no contexto da investigação em ensino

Felipe do Espirito Santo Silva-Pires, Maria Paula de Oliveira Bonatto, Marcio Luiz Braga Corrêa de Mello, Valéria da Silva Trajano, Tania Cremonini de Araújo-Jorge

Resumo


Este trabalho tem a intenção de servir como um referencial no campo das doenças negligenciadas, bem como enriquecer a formação de professores e investigadores da área de ensino. Nesse sentido, destacamos a importância dos determinantes sociais da saúde no que se refere à compreensão da realidade a partir dos referenciais apontados pelos conhecimentos populares. Como acreditamos que a sensibilização do sujeito quanto ao poder transformador de suas ações por meio do conhecimento apreendido durante o processo ensino-aprendizagem é capaz de contribuir para a emancipação dos grupos dos quais participa, escolhemos educação e cultura entre os diferentes determinantes. Outros determinantes sociais da saúde também são mencionados ao longo do texto, pois mesmo que não sejam o objetivo deste trabalho entendemos que os seus aspectos complementares permitem as transformações esperadas a partir dos enfoques em atenção, prevenção e promoção da saúde.


Palavras-chave


Doenças Negligenciadas; Determinantes Sociais da Saúde; Educação; Cultura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v22i1.3344

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000