Decolonialidade e geografia escolar: revisitações didático-pedagógicas

Gilvan Charles Cerqueira de Araújo

Resumo


Neste artigo será tratado o debate acerca do pensamento decolonial e sua presença na revisitação de formulações didático-pedagógicas para a geografia escolar. A perspectiva de um pensamento e prática direcionado à decolonialidade permite que haja uma revisitação do processo de ensino e aprendizagem, em diálogo com as habilidades e competências que abranjam uma visão educacional interdisciplinar, fomentando a reformulação de conteúdos, temáticas e, também, a visão pedagógica dos profissionais que atuam na educação básica, como um todo, e em particular no ensino de Geografia. Por meio de uma revisão bibliográfica o presente trabalho tem por principal objetivo trabalhar e refletir sobre a temática decolonial, no âmbito da Geografia escolar e em perspectivas atuais para o processo de ensino e aprendizagem. Como resultados esperados apresentam-se a abertura para um aprofundamento teórico, prático e metodológico da revisitação didático-pedagógica por meio da decolonialidade, tanto na geografia escolar como em um âmbito maior de interdisciplinaridade para o processo de ensino a aprendizagem.


Palavras-chave


Decolonialidade; Geografia Escolar; Ensino de Geografia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v25i3.6694

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000