Discutindo a deficiência com alunos do ensino fundamental e médio

Valerie Sarpedonti, Maria Clara de Oliveira Lopes, Sônia Leticia Cordovil de Sousa, Ivoneide Maria da Silva

Resumo


A inclusão de alunos com deficiência em sala de ensino regular é um assunto controversa que remete à três grandes temas: a perspectiva de melhora para a criança atípica, a construção de uma sociedade inclusiva e consciente da diversidade, e a qualidade do ensino. Enquanto maioria dos estudos investigaram o ponto de vista dos profissionais da saúde e do ensino, o presente trabalho teve como foco principal alunos neurotípicos do ensino fundamental e médio. Através de aplicação de questionários e palestras interativas foi possível avaliar o entendimento da deficiência da parte desses alunos e as barreiras que travam o processo de inclusão escolar. Os resultados indicaram que 1) a complexidade do tema atrelada à constante revisão dos quadros de deficiência e a dificuldade de entendimento do vocabulário jurídico para o público leigo, 2) os preconceitos oriundos de séculos de práticas exclusivas, 3) a falta de divulgação das tecnologias assistivas e 4) a falta de convivência com indivíduos neurodiversos, são tantos fatores que dificultam a aceitação e o acolhimento das pessoas com deficiência. Campanhas de sensibilização e educativas são imprescindíveis para que todos possam entender as manifestações dos diferentes quadros de deficiência e saibam como incluir o outro.

Palavras-chave


Deficiência. Inclusão escolar. Legislação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rcd.v13i31.8443

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index