Os Processos de Autonomia no Cotidiano de um Caps Ad III: (Re)Pensando Práticas, (Re)Construindo Caminhos

Moises Romanini, Vitória Merten Fernandes

Resumo


Essa pesquisa teve como objetivo acompanhar e problematizar a forma como os processos de autonomia vêm sendo pensados e construídos no cotidiano do Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Outras Drogas (CAPS AD III) de uma cidade do interior do Rio Grande do Sul. Através desse estudo, que teve como método a cartografia, levantaram-se algumas pistas acerca da questão da autonomia no cotidiano do CAPS AD III. Destacam-se as internações, a cogestão de uma oficina terapêutica e o fazer com o usuário e os processos de trabalho dentro do serviço. 


Palavras-chave


Saúde Mental; Álcool e outras Drogas; Autonomia; Desinstitucionalização; Reabilitação Psicossocial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/dialogo.v0i39.4046

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-9024

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000