Candomblé iorubá: a relação do homem com seu orixá pessoal.

Francisco Thiago Silva

Resumo


Este artigo objetiva entender as relações e as influências dos arquétipos dos orixás nos seguidores do Candomblé Iorubá a partir da revisão e da análise crítica sob uma ótica comparativa de diversas fontes, principalmente as obras: O candomblé da Bahia de Roger Bastide (2001), Orixás assinada por Pierre Verger (1981) e Mitologia dos Orixás de Reginaldo Prandi (2001). Tais autores abordaram a ritualística candomblista sob diferentes formas, porém são unânimes em afirmar a existência de especificidades no culto candomblista entre o fiel e o seu orixá, resultando na construção identitária desses filhos e filhas de santo.

Palavras-chave: Candomblé; Orixás; Arquétipos; Identidade.

ABSTRACT: This article aims to understand the relationships and influences of the archetypes of the followers of Yoruba Candomble from the review and critical analysis in a comparative perspective from various sources, mainly the works: Candomble of Bahia by Roger Bastide (2001), Orishas signed by Pierre Verger (1981) and Mythology of the Orishas by Reginaldo Prandi (2001), authors who addressed the Candomble ritual in different forms, but are unanimous affirming the existence of specificities in worship candomble between the faithful and his deity, resulting in the identity construction of those sons and daughters of the saint.

KEYWORDS: Candomble, Orishas, Archetypes, Identity.


Palavras-chave


Candomblé; Orixás; Arquétipos; Identidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/200

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000