Concepções de ensino da língua materna subjacentes às tirinhas com a personagem Mafalda

Bárbara Olímpia Melo, Simone Rego Fontinele

Resumo


O presente trabalho objetiva analisar as concepções de linguagem e de ensino no gênero tirinhas, com a personagem Mafalda, do cartunista Quino. O gênero em estudo pode ser considerado da esfera humorística. Assim, a estratégia para construção do humor no corpus selecionado se dá exatamente por reforçar uma concepção de linguagem e ensino um tanto distante daquela suposta dos possíveis leitores. Este estudo constitui-se em uma pesquisa bibliográfica de cunho analítico e descritivo. Como suporte teórico, baseou-se em Bakhtin (1997), Marcuschi (2002), Bunzen; Mendonça (2013), Kleiman (2009), Pérez; García (2001), Bronckart (1999), Vasconcelos (1992), dentre outros. O corpus da pesquisa teve como objeto de análise quatro tirinhas do cartunista argentino Quino. Verificamos que a concepção de ensino da língua materna subjacente aos textos analisados está fundamentada, principalmente, com base numa perspectiva mais estruturalista e formal tendo em vista que a língua é apresentada, quase sempre, como código, restringindo-se a um conjunto de signos.


Palavras-chave


Concepções de Ensino e de Linguagem; Ensino da Língua Portuguesa; Gênero Tirinha.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v22i1.3013

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000