Formação de professores em educação do campo: pedagogia do movimento no paradigma emancipatório

Valentim Silva, Vanessa Marion Andreoli, Michelle Bocchi Gonçalves, Gilson Walmor Dahmer

Resumo


Neste relato busca-se apresentar a experiência vivenciada em uma turma de Licenciatura em Educação do Campo - Ciências da Natureza, em itinerância e alternância. Para auxiliar na construção da identidade docente e a constituição da formação do professor educador do campo, propôs-se a utilização de metodologias alternativas que contemplassem a pedagogia do movimento no paradigma emancipatório, tais como: aprendizagem por projeto, trama conceitual, docência compartilhada e autoavaliação qualitativa emancipatória. Os encaminhamentos se deram em consonância com os princípios da educação do campo, que almejam a construção de uma educação emancipatória por meio do reconhecimento crítico da realidade e da apropriação de conhecimentos necessários para ações pautadas na transformação social.


Palavras-chave


Educação; Ciências; Cultura; Humanas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v24i1.4574

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000