PROFESSORES E LITERATURA INFANTIL: UM ESTUDO SOBRE A INTERAÇÃO DE PROFESSORES COM LIVROS

Flávia Brocchetto Ramos, Julia Duarte Schenkel, Eliana Rela

Resumo


Este estudo investiga como os professores se relacionam com obras literárias infantis e a maneira como as apresentam aos alunos, a fim de observar as principais características da relação estabelecida com a obra e com os elementos que a compõem. Além disso, tendo como base a carência de estudos voltados para os paratextos, visto sua importância dentro da composição de um livro literário, tem-se como objetivo discutir a forma como os educadores compreendem e interagem com esses elementos, bem como os apresentam aos alunos. Para dar conta dos objetivos propostos, foi construído um questionário baseado em questões que possibilitassem o entendimento quanto ao que o professor costuma observar nas suas interações com obras infantis; se observa elementos como capa, contracapa, orelhas, biografia e sinopse; o que considera mais importante e, sobretudo, qual a importância que direciona para esses paratextos e de que forma os compreende. Esse instrumento foi dividido em duas partes, a primeira especificamente sobre a forma como o professor se relaciona com as obras e a segunda em relação à forma como as trabalha com os alunos. Por meio da aplicação desse instrumento, foram levantados dados posteriormente analisados sobre os quais foram formuladas as considerações apresentadas nesse artigo. Por meio desse estudo pretendemos, ainda, contribuir para a discussão sobre a temática dos paratextos, principalmente no que diz respeito ao entendimento que lhe atribuído por docentes.

Palavras-chave


Literatura infantil; Paratextos; Formação de professores; Mediação.

Texto completo:

PDF

Referências


FEUERSTEIN, Reuven. Mediated Learning Experience (MLE) – Theoretical, Psychosocial and Learning Implications. Tradução por Cesar da Fonseca Giugno. Second printig, 1994. England: Freund Publishing House Ltd.

GENETTE, Gérard. Paratextos editoriais. Tradução de Álvaro Faleiros. São Paulo: Ateliê, 2009.

MIGUEZ, Fátima. Nas arte - manhas do imaginário infantil: O lugar da literatura na sala de aula. Rio de Janeiro: Editora Zeus, 2000.

RAMOS, Flávia Brocchetto. A literatura no desenvolvimento da criança. In.: OLMI, Alba; PERKOSKI, Norberto. Leitura e cognição: uma abordagem transdisciplinar. Santa Cruz do Sul, EDUNISC, 2005.

______ ; MARANGONI, Marli Cristina Tasca; MACIEL, Rochele. A leitura literária: um convite para desdobrar(se). Perspectiva, Florianópolis, v. 34, n. 3, p. 1015-1032, set./dez. 2016. Disponível em https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/view/2175-795X.2016v34n3p1015/pdf_1

______ . Por que literatura?. In. RAMOS, Flávia Brocchetto; PANOZZO, Neiva Senaide Petry. Mergulhos de leitura: a compreensão leitora da literatura infantil. Caxias do Sul, Educs, 2015. Disponível em https://www.ucs.br/site/midia/arquivos/mergulhos_ebook.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v24i2.5071

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000