Em busca da autonomia dos sujeitos com necessidades especiais

Antonio Carlos Basegio, Eliane Lúcia Daldon, Ivan Antonio Basegio, Leandro Jesus Basegio

Resumo


Os debates em torno do que é necessário para a inclusão escolar e social das pessoas com necessidades educativas especiais têm chamado a atenção de pais, educadores, especialistas e governos, uma vez que, ao menos em termos de legislação, há um avanço na garantia dos direitos dos sujeitos com deficiência. Contudo, a efetivação de uma política de educação inclusiva apenas será garantida mediante o desenvolvimento de atitude social positiva para com a diferença. Neste artigo, buscamos apresentar o que significa essa perspectiva. Para tanto, partimos da conceitualização do que é a noção de inclusão. Após, discutimos quais são os aspectos, que são ressaltados quanto à prática e à possibilidade de uma educação inclusiva, focando nas concepções de pais e professores sobre esse tema. Destacamos alguns elementos importantes de serem pensados nas relações de interação com as pessoas, que apresentam NEEs, como, por exemplo, a questão do benefício, que lhes é dado (BPC). Por fim, apresentamos um pouco do trabalho, que se desenvolve no CEIA (Centro de Capacitação, Educação Inclusiva e Acessibilidade - Canoas-RS), onde os profissionais responsáveis pretendem traduzir para a prática essa atitude social positiva para com a inclusão.

Palavras-chaves: inclusão; necessidades educativas especiais; interação família/escola; BPC.

In search of autonomy of subjects with special needs

Abstract:
The debates around what is needed for school and social inclusion of people with special educational needs have caught the attention of parents, educators, experts and governments, since, at least in terms of legislation; there is a improvement in ensuring the rights of individuals with disabilities. However, the effectiveness of a policy of inclusive education will only be guaranteed through the development of positive social attitude toward difference. In this article, we seek to present what this perspective means. For this, we start from the conceptualization of what the notion of inclusion is. After, we discuss which are the aspects that are highlighted on the practice and the possibility of an inclusive education, focusing on the views of parents and teachers on this topic. We highlight some important elements in the relationships to be thought to interact with people who have NEE such as the question of benefit they are given (BPC). Finally, we present some of the work, which develops in the CEIA (Training Center, Inclusive Education and Accessibility – Canoas-RS), where the responsible professionals intent to translate to the practice this positive social attitude towards inclusion.

Keywords
: inclusion, special educational needs, family/school interaction, BPC.


Palavras-chave


Inclusão; Necessidades educativas; Integração; Família; BPC

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/56

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000