Experiências sobre o aprender-ensinar: por uma ação mediada

Jackson Luiz Nunes Bentes, Marcelo Piantkoski

Resumo


Nas linhas deste texto, pretende-se deixar explícito a importância do professor como agente do processo de mediação na educação e como ele concebe o processo de ensino-aprendizagem na ação mediada em sala de aula no Ensino Médio, com referência nos escritos de Vygotsky, para quem ensinar e aprender estão conectados, e ainda, a Wertch e outros autores. Fizeram parte do estudo cinco professores que responderam a uma entrevista semiestruturada. As informações foram transcritas e constituíram um corpus submetido à análise de conteúdo. Após a análise, confrontaram-se concepções sobre o ensinar-aprender com a concepção vigotskiana. Deste modo, verifica-se que, na escola contemporânea, a ação mediada é orientada exatamente pelas funções das ferramentas culturais, as quais moldam o ambiente e a aprendizagem que nele se desenvolvem. E, neste processo, o professor possui um papel fundamental. Os resultados indicam que, na concepção dos professores, ensino e aprendizagem configuram os dois lados de uma mesma moeda e cabe ao professor um papel de destaque na promoção da aprendizagem na medida em que ele é quem realiza a ação pedagógica. Assim, estes professores concebem o ensinar e aprender numa completude, tecendo um sentido próprio à sua ação mediada na interação com o aluno.

Palavras-chave: Ensinar-aprender. Ação mediada. Contemporaneidade. Concepção dos professores.

 

Experiences on the learning-teaching: toward a mediated action

Abstract

This paper aims to  explicit  the importance of the teacher as an agent of the mediation process in education, and how he conceives the  teaching-and-learning  process in an action mediated in a classroom  in Secondary School, with  a reference to  Vygotsky‘s  works, to whom teaching and learning are connected, and also to Wertch and other authors as well. Five teachers who participated of this study answered to a semi-structured interview. The information was transcribed and constituted a corpus submitted to a content analysis. After that analysis, their conceptions were confronted with those of Vygotsky. Then, it was observed that, in the contemporary school, the action mediated is oriented exactly by the functions of the cultural tools, which shape the environment and the learning which is developed in it. And, in this process, the teacher has a fundamental role. The results indicate that, in the conception of the teachers, teaching-and-learning are the two sides of a same coin, and the teacher has a key role in promoting learning since he is the one who performs the pedagogical action. Then these teachers conceive teaching-and-learning in a completeness, weaving an own sense to the action mediated in the interaction with the student.

Keyword: Teaching-learning. Mediated action. Contemporary. Conceptions of the teachers.


Palavras-chave


Ensinar-aprender. Ação mediada. Contemporaneidade. Concepção dos professores.

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo? E outros ensaios. 1ª reimpressão. Chapecó-SC: Editora ARGOS, 2009.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1988.

CANDEIAS, A. A.; ALMEIDA, L. S.; REIS, T.; RODRIGUES, A.; REIS, M. Dynamic evaluation of cognitive modifiability and of learning in pupils with learning disabilities. Dinâmicas e processos em avaliação do potencial de aprendizagem em alunos com dificuldades de aprendizagem. In: CANDEIAS, A. A. (Coord.) Different children's: multiple look's as to evaluate and to intervene. Évora: University of Évora/PROD EP, p. 32-62, 2005. I CD-ROM.

DUARTE, N. Concepções afirmativas e negativas sobre o ato de ensinar. Cadernos Cedes, Campinas, SP, v. 19 n. 44, p. 85-106, abr. 1998. Disponível em: . Acesso em: 5 abr. 2008.

GREEN, T. F. Uma topologia do conceito de ensino. Tradução de Herotildes M. P. da Rocha. In: HYMAN (Ed.). Contemporary thought on teaching. New Jersey: Prentice-Hall, 1971, p. 71-78.

JOHNSON-LAIRD, P. N. Mental models: towards a cognitive science of language, inference and consciousness. Cambrige, MA: Havard University Press, 1983.

PERRENOUD, Philippe. Práticas pedagógicas, profissão docente e formação: perspectivas sociológicas. Lisboa: Dom Quixote, Instituto de Inovação Educacional, 1997.

PINO, Angel S. As marcas do humano: às origens da constituição cultural da criança na perspectiva de Lev. S. Vigotski. São Paulo: Editora Cortez, 2005.

ROSSI, Tania Maria de Freitas; ALMEIDA, S. F. C. de . O conceito de internalização em Vigotsky: algumas aproximações teóricas desde a semiótica peirceana.. In: OSNAYA, M. C.; PÉREZ, J. C. R. (Org.). Psicología social: perspectivas y aportaciones hacia un mundo posible. 1ed. Mexico City: Amapsi Editorial, 2007, v. 01, p. 99-108.

ROSSI, T. M. F.; CARVALHO, R. P. F. de; DIAS, A. L. B. Formação de professores: investigando, construindo conceitos e estratégias para o trabalho com probabilidade e estatística nas séries iniciais do ensino fundamental. I Jornada Latino Americana e II Colóquio Brasileiro, Brasília, v. 1, p. 1-10, 2003.

ROSSI, T. M. F. Eu ensino(ensino?), tu não aprendes: a aprendizagem como processo interativo. Cadernos da Católica de Brasília, Brasília, s.p., 1997.

TÉBAR, Lorenzo. O perfil do professor mediador: pedagogia da mediação. Tradução de Priscila Perreira Mota. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2011.

TUNES, Elizabeth; TACCA, Maria Carmen V. R.; BARTHOLO JUNIOR, Roberto dos Santos. The teacher and the act of teaching. Cad. Pesqui. [online]. 2005, v. 35, n. 126 [cited 2008-02-26], p. 689-698. Disponível em: . Acesso em: 5 mar. 2007.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 6 ed. São Paulo, Martins Fontes, 1998.

_____. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

WERTSCH, James V.; DEL RIO, Pablo; ALVAREZ, Amélia. Estudos socioculturais da mente. Tradução: Maria da Graça Gomes Paiva e André Rossano Teixeira Camargo. Porto Alegre: ArtMed, 1998.

WERTSCH, James V. La mente en acción. Argentina: Aique Grupo Editor, 1999.

_____. Voces de la Mente. Un enfoque sociocultural para el estudio de la Acción Mediada. Traduccion: Adriana Silvestre. Madri-Espanha: Aprendizaje Visor, 1993.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/2275

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index