Adolescência, educação e cultura consumista no documentário "Pro dia nascer feliz"

Maria Luzia da Silva Santana, Marcelo Máximo Purificação

Resumo


Este artigo problematiza a adolescência na sociedade de consumo brasileira a partir do documentário “Pro dia nascer feliz”, que aborda aspectos da vida de adolescentes de seis escolas brasileiras. A partir de um olhar integrativo e abrangente do adolescente na sociedade do dispêndio, considera que o seu desenvolvimento é um fenômeno multifacetado que envolve a pessoa, o aparato biológico, o contexto histórico-sócio-cultural e suas interações sociais. Com base nos relatos dos adolescentes presentes no documentário, sugere-se que é necessário construir caminhos e estratégias para o desenvolvimento positivo deles no contexto escolar.


Palavras-chave


Adolescentes. Educação. Cultura de Consumo. Desenvolvimento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rcd.v10i21.3551

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index