Ageísmo: uma revisão integrativa da literatura em língua portuguesa

Diogo Henrique Helal, Lauro Oliveira Viana

Resumo


O artigo investiga como a produção acadêmica em língua portuguesa tem explorado o fenômeno ageísmo. A partir de pesquisa em duas bases de periódicos em língua portuguesa (SPELL e SCIELO Brasil e Portugal), foram encontrados 14 artigos, em que se analisou: i) o período da publicação, ii) nome dos periódicos, iii) área da CAPES que pertence, iv) Qualis do periódico. Foram analisadas, ainda, v) as autorias dos artigos, e vi) referências usadas. Os 14 artigos analisados foram publicados entre 2009 e 2019, em 10 diferentes periódicos, de estratos de alto impacto, com destaque para “Psicologia: Teoria e Pesquisa”, “Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia” e “Revista Análise Social” com 2 artigos cada, e “Revista Análise Psicológica” com 3 artigos. Os 14 artigos são de autoria de 34 autores, com destaque para Lucia França com dois artigos. Dos autores referenciados nos artigos, há dois grupos: brasileiros e americanos, sendo os nacionais, autores da psicologia, demografia e gerontologia, e americanos, autores da gerontologia, principalmente. O artigo apontou ainda quais são as obras mais vezes referenciadas, considerando os 14 materiais disponíveis nas bases pesquisadas. A realização de uma revisão sistemática da literatura em português sobre ageísmo apontou as lacunas e características da produção científica sobre o tema.

Palavras-chave


Ageísmo. Revisão Sistemática da Literatura. Língua Portuguesa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rcd.v13i29.8115

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index