Os perfis das escolas municipais do ensino fundamental eficientes em transformar investimento financeiro em desempenho no IDEB: uma análise DEA

Lucas Colucci, Alexandre Pereira Salgado Junior

Resumo


O objetivo do artigo foi estudar no ano de 2011 as mudanças nos perfis das escolas municipais brasileiras do ensino fundamental classificadas como eficientes em transformar investimento financeiro em desempenho no IDEB. Para tanto, por meio da análise envoltória de dados (DEA), observou-se a alteração do perfil das escolas eficientes a medida que altera-se o peso dos componentes do IDEB (Prova Brasil e indicador de rendimento) de 50% para cada (que é a atualmente utilizado) até um peso de 10% indicador de rendimento e 90% para a Prova Brasil. Os resultados apontam para uma mudança das escolas eficientes da região nordeste para a sul e sudeste a medida que se valoriza mais o resultado da Prova Brasil ao invés do indicador de rendimento. Espera-se, com isso, que a pesquisa colabore para repensar a forma como o IDEB é calculado além de fornecer subsídios para a melhoria dos sistemas avaliativos.


Palavras-chave


Educação do Ensino Fundamental; IDEB; Análise Envoltória de Dados (DEA).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/2236-6377.15.3

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000