Diversidade étnico-racial e formação de professores no instituto federal de educação, ciência e tecnologia de Minas Gerais - campus Ouro Preto (IFMG/OP)

Natalino Neves da Silva

Resumo


As reflexões aqui desenvolvidas resultam da realização de uma pesquisa inserida no Programa de Iniciação Científica que buscou entender como a diversidade étnico-racial é percebida pelos/as graduandos/as do Curso de Licenciatura de Geografia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMG) - Campus Ouro Preto. O estudo focalizou nos discentes os quais se encontravam nos último período do curso. Para a coleta de dados utilizamos da aplicação de um questionário. Fez parte ainda como procedimento metodológico de pesquisa o levantamento, o estudo e a análise dos principais documentos da legislação brasileira sobre o tema. Os resultados obtidos revelaram que uma parcela significativa de graduandos/as desconhece a Lei 10.639/03 as suas Diretrizes. E mais, eles(as) consideram que não se sentem preparados para trabalhar com os sujeitos em sua diversidade étnico-racial na escola. Nesse sentido, ponderamos sobre a necessidade de se trabalhar com a Educação das Relações Étnico-Raciais (ERER), conforme preconizada em Lei, na formação inicial de futuros docentes nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs).


Palavras-chave


Formação de Professores; Diversidade Étnico-Racial; Licenciatura de Geografia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v24i1.4494

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000