Uma educação crítica para um consumo consciente: garantia do direito à saúde e à segurança alimentar

Alboni Marisa Dudeque Pianovski Viera, Amanda Marcondes Caldas

Resumo


O artigo tem como objetivo analisar a importância de uma educação crítica destinada a crianças e adolescentes, visando à concretização do direito à saúde e à segurança alimentar, a partir de um consumo consciente, principalmente em relação aos alimentos transgênicos. Justifica-se a pesquisa, considerando-se a difusão de alimentos geneticamente modificados e questões relativas à garantia dos direitos fundamentais dos indivíduos, entre os quais o direito à saúde e à segurança alimentar. Com caráter bibliográfico e documental, fundamenta-se nos estudos de Freire (1979), Diniz (2001), Efing (2011), entre outros. Discute-se o posicionamento de uma pedagogia crítica, analisam-se os organismos geneticamente modificados e sua direta interferência na busca pela plena segurança alimentar e, por fim, correlacionam-se os aspectos relativos ao desenvolvimento de uma educação mais crítica, enquanto promotora de hábitos alimentares mais saudáveis e criteriosos quanto à origem e constituição do alimento, visando promover a saúde a segurança alimentar. Os resultados apontam no sentido da inclusão de propostas pedagógicas que privilegiem o aumento do nível de consciência e criticidade dos indivíduos.


Palavras-chave


Educação Crítica; Segurança Alimentar; Organismos Geneticamente Modificados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v24i3.5309

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000