A perspectiva do Teatro do Oprimido como metodologia no contexto da Educação em Ciências: Uma revisão sistemática de artigos científicos

Camila de Fatima Sant'Ana, Leonardo Maciel Moreira

Resumo


Nas últimas décadas reflexões acerca da Educação em Ciências engendrada a questões sociais, a fim de promover à formação crítica dos estudantes, tem se tornado cada vez mais necessárias. Caracterizado como uma linguagem artística provocadora para refletir questões sociais iminentes, o teatro do oprimido (TO) é uma metodologia que de maneira geral procura por meio da desmecanização do corpo e da mente, levar atores e espectadores ao reconhecimento e ao enfrentamento de situações de opressão. No cenário educacional o TO pode revelar-se como instrumento dialógico fundamental para a reflexão crítica e o aprendizado dos estudantes. O objetivo dessa pesquisa é analisar tendências em publicações científicas acerca da apropriação do TO pelo campo da Educação em Ciências. Os artigos evidenciaram resultados relevantes ao articular o TO no campo da Educação em Ciências. As tendências de publicações ilustraram o predomínio do tema educação ambiental e educação em saúde, em espaços formais e não formais desenvolvidos com jovens da educação básica, e ensino superior por sua vez. A técnica do teatro fórum foi utilizada em sua ampla maioria nos artigos analisados e observou-se um quantitativo pouco expressivo, em relação ao total de artigos analisados, de pesquisas desenvolvidas com o TO como linguagem artística para debates de temas importantes e suas inferências com professores de Ciências.

Palavras-chave


Teatro do Oprimido; Educação em Ciências; Alfabetização científica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v27i2.8604

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000