Oh, aqui também a gente está chegando!” Professoras negras e representatividade racial na universidade

Beatriz Gouvea Lopes, Josiane Peres Gonçalves

Resumo


Objetivou-se nesta pesquisa, investigar como se dá a representatividade racial negra no corpo docente da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), assim como compreender a trajetória de professoras negras presentes nestes espaços. Além disso, visou-se entender como estas mulheres se sentem atuando neste contexto, e o que vivenciaram para alcançar um espaço social de prestígio e poder, como na área da pesquisa e docência em uma universidade pública. Acerca dos procedimentos metodológicos, esta pesquisa é caracterizada como qualitativa, de caráter descritivo-analítico, com o uso de entrevistas como instrumento para a coleta de dados, as quais foram realizadas com três docentes efetivas da UFMS. Com a finalização da pesquisa, observou-se que as participantes foram persistentes e lutaram para conquistarem o lugar que tanto almejavam, no entanto, os obstáculos e dificuldades por serem mulheres, negras e professoras foram marcantes em suas trajetórias, tendo que lidar constantemente com situações de racismo. Além disso, o fato de terem que conciliar família, estudos, trabalho e cuidados com a casa também exerce forte influência no desenvolvimento pessoal e profissional, considerando que estas são bagagens que a maioria das mulheres carregam consigo durante toda a vida.


Palavras-chave


Representatividade racial; mulher negra; docentes; ensino superior.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v27i1.8614

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000