Gestão escolar: espaço de trabalho coletivo

Vanessa Vian, Giane Maris Eidlwein, Silvana Neumann Martins, Marli Teresinha Quartieri

Resumo


School management: collective workspace

O presente trabalho, elaborado na disciplina de “Formação de professores: tendências dos estudos e trabalho docente”, vinculado ao Programa de Pós-Graduação, Mestrado em Ensino, do Centro Universitário UNIVATES, Lajedo-RS, apresenta algumas considerações que emergiram em sala de aula, por meio da metodologia de aprendizagens baseada em problemas – ABP. A questão lançada foi: como a gestão deve trabalhar com o professor para que ele se torne o agente de mudança curricular da escola? Com o intuito de buscar contribuições em torno do papel da equipe gestora e sua relação com o fortalecimento e progressão do trabalho coletivo dos sujeitos da escola, conforme Silva (2001) e Nóvoa (1992), é que se evidencia que o papel da equipe gestora influencia diretamente na constituição de espaços de formação continuada, capazes de aproximar situações de aprendizagens coerentes com a prática pedagógica.

Palavras-chave: Equipe gestora. Trabalho coletivo. Formação continuada.

Abstract

The present paper was developed in the discipline “Teacher Formation: study trends and faculty”, work linked to the Post Graduation Program at the UNIVATES University Center in Lajeado, RS, and presents some considerations that arose in the classroom by means of the problem-based learning methodology – PBL. The question placed was: How should management work with teachers to turn them into agents of curricula change in the school? With the aim of seeking contributions around the role of the management team and its relation regarding the strengthening and progression of collective work of individuals at school, according to Silva and Nóvoa, it becomes evident that the role of the management team has a direct influence in the constitution of continued learning spaces capable of approximating coherent learning situations with pedagogical practice.

Keywords: Management team. Collective work. Continued formation.


Palavras-chave


Equipe gestora. Trabalho coletivo. Formação continuada.

Texto completo:

PDF

Referências


AZANHA, J. M. P. Educação: temas polêmicos. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

BAHIA, Carmen Brito; PAIM, Ana Verena F. Currículo e formação de professores em exercício: revisitando tempos espaços e sujeitos. Espaço do Currículo, Paraíba, v. 3, n. 1, p. 337-347, mar./set. 2010.

BAIRRAL, M. A. Desenvolvendo-se criticamente em matemática: a formação continuada em ambientes virtualizados. In: FIORENTINI, D.; NACARATO, A. M. (Org.). Cultura, formação e desenvolvimento profissional de professores que ensinam matemática: investigando e teorizando a partir da prática. São Paulo: Musa Editora, 2005, p. 49-67.

BARROSO, J. O reforço da autonomia das escolas e a flexibilização da gestão escolar em Portugal. In: FERREIRA, N. S. C. (Org.). Gestão democrática da educação: atuais tendências, novos desafios. São Paulo: Cortez, 2000, p. 11-30.

BERBEL, Neusi A. N. A. Problematização e a aprendizagem baseada em problemas: diferentes termos ou diferentes caminhos? Interface-comunicação, saúde, educação, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 139-154, fev. 1998.

BORBA, M. C.; MALHEIROS, A.P. S.; AMARAL, R. B. Educação a distância online. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

BORBA, M. C. Educação matemática: pesquisa em movimento. São Paulo: Cortez, 2004.

BRASIL. Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Seção 1, p. 27833.

FERREIRA, A.C.; MIORIM, M.A. O grupo de trabalho em educação matemática: análise de um processo vivido. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 2, 2003, Santos. Anais... Santos: UNESP, 2003. 1CD-ROM.

GARCIA, M. C. Formação de professores. Para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

GANDINI, R.P.C.; RISCAL, S.A. A gestão da educação como setor público não estatal e a transição para o estado fiscal no Brasil. In: OLIVEIRA, D. A.; ROSAR, M.F.F. (Orgs.). Política e gestão da educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2002, p. 39-58.

LÜCK, Heloísa. Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba: Editora Positivo, 2009.

MARQUES, Ramiro. Motivar os professores. In: CONFERÊNCIA REALIZADA PELO DIA DA ESCOLA, 2003, Pará. Anais eletrônicos... Pará, 2003. Disponível em: Acesso em: 15 jun. 2014.

MELO, M. T. L. Gestão educacional e os desafios do cotidiano escolar. In: FERREIRA, N. S. C.; AGUIAR, M. A. S. (Orgs.). Gestão da educação: impasses, perspectivas e compromissos. São Paulo: Cortez, 2001, p. 95-97.

NÓVOA, António. Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1997.

_____. A formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, Antônio. (Coord.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 2003, p. 13-33.

OLIVEIRA, Dalila Andrade. Mudanças na organização e na gestão do trabalho na escola. In: OLIVEIRA, D. A.; ROSAR, M. F. F. (Orgs.). Política e gestão da educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2002, p. 125-144.

PARO, Vítor. O princípio da gestão escolar democrática no contexto da LDB. In: OLIVEIRA, R. P.; ADRIÃO, T. (Orgs.). Gestão, financiamento e direito à educação: análise da LDB e da Constituição Federal. São Paulo: Xamã, 2001, p. 243-251.

PEREZ, G. Prática reflexiva do professor de matemática. In: BICUDO, Maria Aparecida Viggiani; BORBA, M. (Orgs). Educação matemática: pesquisa em movimento. São Paulo: Cortez, 2004, p. 250-263.

ROMANOWSKI, J. P. Formação e profissionalização docente. Curitiba: Ibpex, 2007.

SILVA, Jerônimo Jorge Cavalcante. Gestão escolar participada e clima organizacional, Salvador, v. 4, n. 2, p. 49-60, jun./dez. 2001.

SOARES, Andrey Felipe C. Gestão escolar e coordenação pedagógica: uma relação complexa. In: SEMINÁRIO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO NA REGIÃO SUL, 9, 2012, Caxias do Sul. Anais eletrônicos... Caxias do Sul: UCS, 2012. Disponível em: Acesso em: 15 jun. 2014.

WITTMANN, Lauro Carlos. Autonomia da escola e democratização de sua gestão: novas demandas para o gestor. Revista em Aberto, Brasília, v. 17, n. 72, p. 88-96, fev./jun. 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1942

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index