A formação de professores de Física e o ensino da EJA: uma abordagem crítico-reflexiva

Adeval Alexandre Cavalcante Neto, Rudy Falcão Lopes, Michelle de Sousa Ferreira, Thiago Coelho Silveira

Resumo


Falar em Educação de Jovens e Adultos (EJA) não é uma tarefa fácil, principalmente pela grande variedade do público, pois as salas de EJA são bastante heterogêneas. Um dos grandes impasses de se ensinar física na EJA é a carência de referencial bibliográfico nesse ponto, esse trabalho visa contribuir com a discussão sobre a EJA, além de, aferir fatores que afetam o aprendizado nessa modalidade, propor soluções tendo como mecanismo para tal fim a crítica e a reflexão. A pesquisa foi desenvolvida em duas etapas com a primeira de revisão sobre EJA e a segunda na pesquisa de campo com alunos 6º e 8º período do curso de física em que se abordar a formação do professor de física com enfoque sobre o estágio supervisionado. Os resultados mostraram que existe uma fragilidade no estágio supervisionado dedicado a educação de jovens e adultos nos cursos de licenciatura física.


Palavras-chave


EJA. Ensino de Física. Formação de professores.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rcd.v11i24.4912

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index