As políticas de avaliação e a qualidade do ensino superior brasileiro na ótica dos gestores de cursos de graduação.

José Euzébio de Oliveira Souza Aragão

Resumo


O presente artigo apresenta os resultados de uma pesquisa sobre as repercussões das políticas de avaliação do ensino superior sobre a qualidade dos cursos de graduação, sob a ótica dos gestores de cursos de Administração. Procuramos investigar se as Políticas Públicas de Avaliação implementadas, desde 1995, no Ensino Superior Brasileiro potencializaram em efetivas melhorias da qualidade dos cursos. Trabalhamos com os conceitos de qualidade em geral, qualidade na educação e avaliação institucional. Utilizamos a abordagem qualitativa, a estratégia de casos múltiplos e as técnicas de coleta de dados, entrevistas semiestruturadas e análise documental. Pesquisamos quatro gestores de cursos de Administração de instituições privadas e públicas de ensino superior do estado de São Paulo. Percebemos que embora constate-se melhorias – principalmente infraestruturais – há muito a ser feito, a começar por (res)significar o conceito de qualidade, uma vez que as políticas se prendem a modelos empresariais incompatíveis com uma organização educacional.

 

Palavras-chave: Avaliação do Ensino Superior; Qualidade no Ensino Superior; Política Educacional.

 

POLICIES of EVALUATION and the QUALITY OF Brazilian undergraduate EDUCATION in the PERSPECTIVE OF MANAGERS OF UNDERGRADUATE COURSES

Abstract: This article presents the results of a survey on the impact of assessment policy in undergraduate education about the quality of undergraduate courses in the perspective of manangersof undergraduate courses. We try to investigate whether the Public Policy of implemented Assessment, since 1995, in the Brazilian Undergraduate Education  potentialized effective improvements in the couses quality. We worked with the concepts of quality in general, quality in education and institutional assessment. We used a qualitative approach, the strategy of multiple cases and the techniques of data collection, semistructured interviews and document analysis. We searched four managers of Administration courses of private and public institutions of undergraduate education in the state of Sao Paulo. We realized that although we find improvements - mainly infrastructural - much remains to be done starting with (re) define the concept of quality since the policies are related to business models incompatible with an educational organization.

Keywords: Undergraduate Education Evaluation, Quality in Undergraduate Education, Educational Policy.

Palavras-chave


Avaliação do Ensino Superior; Qualidade no Ensino Superior; Política Educacional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/458

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000