Necessidades formativas: um constructo para a reorganização da formação continuada de equipes escolares

Flávia Graziela Moreira Passalacqua, Nathália Cristina Amorim Tamaio de Souza, Rayana Silveira Souza Longhin Lourenço, Edson do Carmo Inforsato

Resumo


A literatura do campo da formação de professores tem indicado, progressivamente, que os processos formativos, sobretudo aqueles direcionados à formação continuada, demonstram estar aquém do que se espera em termos de efetividade, uma vez que não respondem aos reais anseios dos sujeitos em formação. Diante desse cenário, o presente artigo pretende explicitar o potencial dos estudos das necessidades como constructo teórico para uma nova tessitura de formação continuada. Para tanto, realizou-se uma pesquisa qualitativa de natureza empírica que recorreu à elaboração de entrevista escrita como procedimento de coleta de dados, cujo desígnio foi identificar as principais demandas formativas dos participantes envolvidos – professores, coordenadores pedagógicos, diretores e vice-diretores. Os dados suscitados, apreciados pela Análise de Conteúdo, evidenciaram necessidades coletivas e individuais, permeadas por sentimentos de valorização e desvalorização. Ao serem cotejados com o referencial eleito, tais dados expressaram que a detecção e a análise das necessidades formativas conjecturam um plano de ação diferenciado que consiste em aprimorar questões elementares, como as relações entre pares, o protagonismo profissional e a prática da valorização mútua, para que, somente então, sejam atingidas as questões específicas, como as dificuldades relacionadas ao manejo de conteúdos, à gestão e à inclusão.


Palavras-chave


Necessidades formativas; Formação continuada de professores; Equipes escolares.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, M. E. D. A. et al. Estado da arte da formação de professores no Brasil. Educação & Sociedade. n. 68, p. 301-309, dez., 1999.

GALINDO, C. J. Análise de necessidades de formação continuada de professores: uma contribuição às propostas de formação. 2011. 384 f. Tese (Doutorado em Educação Escolar) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras. Araraquara, 2011.

GALINDO, C. J. Necessidade de formação continuada de professores do 1º ciclo do ensino fundamental. 2007. 197 f. Dissertação (Mestrado em Educação Escolar) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras. Araraquara, 2007.

GALINDO, C. J.; INFORSATO, E. C. Manifestação de necessidade de formação continuada de professores do 1º ciclo do Ensino Fundamental. Revista Dialogia, São Paulo, v.7, n.1, p.63-76, 2008.

GARCIA, C. M. Formação de professores para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

GATTI, B. A.; BARRETO, E. S. S.; ANDRÉ, M. E. D. A. Políticas docentes no Brasil: um estado da arte. Brasília: UNESCO, 2011.

GATTI, B. A.; BARRETO, E. S. S. Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO/MEC, 2009.

HUBERMAN, M. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, A. (Org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 2000. p. 31-62.

IMBERNÓN, F. Qualidade do ensino e formação de professores: uma mudança necessária. Trad. Silvana Cobucci Leite. São Paulo: Cortez, 2016.

MAIA, T. C. S.; HOBOLD, M. S. Estado da arte sobre formação de professores e trabalho docente. Psicologia da Educação. n. 39, p. 3-14, 2014.

PASSALACQUA, F. G. M. Necessidades Formativas: os impasses para a efetividade das ações de formação continuada de professores no espaço escolar. 2017. 226 f. Tese (Doutorado em Educação Escolar) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras. Araraquara, 2017.

PASSALACQUA, F. G. M. Necessidades pessoais e coletivas de professores dos anos iniciais do ensino fundamental: um estudo qualitativo em busca de estratégias de formação continuada em serviço. 2013. 153 f. Dissertação (Mestrado em Educação Escolar) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras. Araraquara, 2013.

RODRIGUES, A; ESTEVES, M. A análise de necessidade na formação de professores. Porto: Porto Editora, 1993.

RODRIGUES, A. Análise das práticas e de necessidades de formação. Lisboa: Direção Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular, 2006.

ROMANOWSKI, J. P. Tendências da pesquisa em formação de professores. Atos de pesquisa em educação. v. 8, n. 2, p. 479-499, mai./ago., 2013.

ZABALZA, M. A. Planificação e Desenvolvimento Curricular na Escola. Lisboa: ASA, 1998.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/recc.v24i2.5270

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN: 2236-6377

UNILASALLE - Av. Victor Barreto, 2288 Centro Canoas/RS Cep: 92.010-000