Relações de gênero e diversidade sexual em escolas públicas de Mato Grosso do Sul

Josiane Peres Gonçalves, Angela Maria Souza Silva Vidal de Oliveira

Resumo


O presente estudo tem por finalidade identificar as representações sociais da comunidade escolar de Mato Grosso do Sul, sobre a diversidade de gênero, especialmente em relação à homossexualidade. Para identificar as representações sociais dos participantes da pesquisa, de natureza qualitativa, foi utilizado como instrumento um roteiro de entrevistas semiestruturadas, as quais foram gravadas em áudio, transcritas, sistematizadas e analisadas. Participaram do estudo um total de seis pessoas, sendo um avô de menino da educação infantil, um professor de educação infantil, duas gestoras escolares de educação infantil e duas mães de crianças de anos iniciais do ensino fundamental. Os resultados foram organizados a partir das seguintes categorias: representações sociais relativas à homossexualidade em âmbito familiar; preconceitos relacionados aos docentes do gênero masculino que atuam na área da educação infantil, como se eles fossem gays por trabalhar nessa área; aceitação da orientação sexual dos professores, por se entender que a prioridade é a competência profissional. Conclui-se que as relações de gênero e diversidade encontram-se presentes na escola e que o preconceito parece ser maior quando se trata de homossexuais do gênero masculino.


Palavras-chave


Homossexualidade. Gênero. Representações sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18316/rcd.v11i24.4752

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index