Relação entre inteligência, habilidades sociais e sintomas depressivos em adolescentes do Ensino Médio

Mary Anne Rodrigues Prata, Adriana Benevides Soares

Resumo


Este estudo objetivou investigar a correlação entre habilidades sociais, inteligência e sintomas depressivos em adolescentes finalistas do Ensino Médio. Participaram da pesquisa 289 estudantes, 163 meninas e 126 rapazes, com média de 17,5 anos de idade, de colégios públicos e privados. Os instrumentos utilizados foram a Prova de Raciocínio Abstrato (RA); Inventário de Habilidades Sociais para Adolescentes (IHSA-Del-Prette) e o Inventário de Depressão de Beck (BDI). Nos resultados, observou-se que a maioria dos estudantes está no nível ausente/mínimo de sintoma depressivo; nas correlações, houve resultados positivos entre sintomas depressivos e habilidade social (dificuldade) nas subescalas empatia, autocontrole, abordagem afetiva, desenvoltura social; inteligência e habilidade social (frequência) nas subescalas empatia, autocontrole, civilidade e desenvoltura social. Os resultados mostraram-se significativos, porém com baixa correlação. Sendo assim, os dados sugerem que os adolescentes estão se adaptando às adversidades dos contextos situacionais e conseguindo enfrentar os desafios de chegar ao começo da próxima etapa de vida sem prejuízos emocionais.

Palavras-chave: Adolescentes. Habilidades Sociais. Inteligência. Depressão.

Relationship between intelligence, social skills and symptoms of depression in high school adolescents

Abstract

This study aimed to investigate the links between social skills, intelligence and depressive symptoms in adolescents in the last year of high school. The participants of this research were 289 students being 163 girls, 126 boys, mean age 17,5 years, from public and private schools. The instruments used were: Abstract Reasoning Test (AR); Adolescent Social Skills Inventory (IHSA); and the Beck Depression Inventory (BDI). In the results we observe that most students are at absent/minima level of depressive symptoms; In the correlations we found positive results between depressive symptoms and social skills (difficulty) in subscales empathy, self-control, affect approach, social development; intelligence and social skills (frequency) in subscale empathy, self-control, civility, social development. The results showed to be significant, but with low correlation. Thus, the data suggest that adolescents are adapting situational adversity and they are managing to confront challenges to get to the beginning of the next stage of life without emotional damage.

Keywords: Adolescent. Social Skills. Intelligence. Depression.

 


Palavras-chave


Adolescentes. Habilidades Sociais. Inteligência. Depressão.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, L.; PRIMI, R. BPR – 5: bateria de provas de raciocínio: manual técnico. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2000.

ANDRIOLA, B.; CAVALCANTE, R. Avaliação do raciocínio abstrato em estudantes do ensino médio. Estudos de Psicologia, Natal – RN, v. 4, n. 1, p. 23-37, 1999.

ARAGÃO, T. et al. Uma perspectiva psicossocial da sintomatologia depressiva na adolescência. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 14, n. 2, p. 395-405, 2009.

CABALLO, V.; IRURTIA M.; SALAZAR, I. Abordagem cognitiva na avaliação e interpretação sobre habilidades sociais. In: DEL PRETTE, A.; DEL PRETTE, Z. A. P. (Orgs.), Psicologia das habilidades sociais: diversidade teórica e suas implicações. Petrópolis: Vozes, 2009, p. 67-81.

CUNHA, J. Manual da versão em português das ESCALAS BECK. Porto Alegre: Casa do Psicólogo, 2001.

D'AVILA, G.; SOARES, D. H. P. Vestibular: fatores geradores de ansiedade na “cena da prova”. Revista Brasileira de Orientação Profissional, Porto Alegre – RS, v. 4, n. 1-2, p. 105-116, 2003.

DEL PRETTE, A.; DEL PRETTE, Z. Psicologia das habilidades sociais: terapia, educação e trabalho. 4 ed.. Petrópolis: Vozes, 2005.

DEL PRETTE, Z. A.; DEL PRETTE, A. Um sistema de categorias de habilidades sociais educativas. Paidéia, São Paulo, v. 18, n. 41, p. 517-530, 2008.

DEL PRETTE, A.; DEL PRETTE, Z. A. Inventário de habilidades sociais para adolescentes (IHSA-Del-Prette): manual de aplicação, apuração e interpretação. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2009.

FEITOSA, F. B. et al. Desempenho acadêmico e interpessoal em adolescentes portugueses. Psicologia em Estudo, Paraná, v. 14, n. 2, p. 259-266, 2009.

JUSTO, A. O desafio da escolha profissional. In: LIPP, M. (Org.), O adolescente e seus dilemas: orientação para pais e educadores. Campinas: Papirus, p. 235-252, 2010.

MARTURANO, E. M.; LOUREIRO, S. R. O desenvolvimento socioemocional e as queixas escolares. In: DEL PRETTE; DEL PRETTE, Z. A. P. (Orgs.). Habilidades sociais, desenvolvimento e aprendizagem: questões conceituais, avaliação e intervenção. Campinas: Alínea, p. 259-291, 2003.

MOLINA, R.; DEL PRETTE, A. Mudança no status sociométrico negativo de alunos com dificuldades de aprendizagem. Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 11, n. 2, p. 299-310, 2007.

PRIMI, R. et al. Competência e habilidades cognitivas: diferentes definições dos mesmos construtos. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 17, n. 2, p. 151-159, 2001.

PRIMI, R.; SANTOS A.; VENDRAMINI, C. Habilidades básicas e desempenho acadêmico em universitários ingressantes. Estudos de Psicologia, Natal – RN, v. 7, n. 1, p. 47-55, 2002.

OLAZ, F. Contribuições da teoria social-cognitiva de Bandura para o treinamento de habilidades sociais. In: DEL PRETTE, A.; DEL PRETTE, Z. (Orgs.). Psicologia das habilidades sociais: diversidade teórica e suas implicações. Petrópolis: Vozes, p. 109-143, 2009.

RAMALHO, J. Desenvolvimento da autonomia e da identidade nos jovens portugueses com experiência migratória. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2003.

REINHOLD, H. Educação com sentido: orientação para professores. In: LIPP, M. (Org.), O adolescente e seus dilemas: orientação para pais e educadores. Campinas: Papirus, p. 27-42, 2010.

SADIR, M. As dificuldades de relacionamento. In: LIPP, M. (Org.), O adolescente e seus dilemas: orientação para pais e educadores. Campinas: Papirus, p. 125-136, 2010.

SANTOS, L. O papel da família e dos pares na escolha profissional. Psicologia em Estudo, Paraná, v. 10, n. 1, p. 57-66, 2005.

SCHOEN-FERREIRA, T. H.; AZNAR-FARIAS, M.; SILVARES, E. F. M. Desenvolvimento da identidade em adolescentes estudantes do ensino médio. Psicologia: Reflexão e Crítica, São Paulo, v. 22, n. 3, p. 326-333, 2009.

WITTER, G. Realizações acadêmicas: escola e família. In: LIPP, M. (Org.). O adolescente e seus dilemas: orientação para pais e educadores. Campinas: Papirus, p. 43-64, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1317

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index