Bem-estar no ambiente de trabalho: a espiritualidade como diferencial

Jardelino Menegat, Dirléia Fanfa Sarmento, Manuel Díaz

Resumo


O artigo focaliza a espiritualidade como uma das dimensões promotoras do bem-estar no ambiente de trabalho e mostra o valor da espiritualidade nas organizações. Enfatizando a contribuição da vivência da espiritualidade pessoal e grupal no ambiente de trabalho para minimizar as relações competitivas e conflitivas entre as pessoas, este trabalho destaca que as organizações que oportunizam espaços e tempos para fortalecer a dimensão espiritual dos colaboradores no ambiente de trabalho e os resultados do produto dessas organizações são melhores. O artigo descreve a gestão da espiritualidade nas organizações como uma estratégia criativa que, a longo prazo, traz resultados surpreendentes para as organizações, daí a razão do crescente número de pesquisas acadêmicas realizadas contemplando a temática da espiritualidade.

Palavras-chave: Bem-estar. Espiritualidade. Ambiente de trabalho.

Well-being within the work environment: spirituality as a differential

Abstract

In this article spirituality has been focused as one of the promotion dimensions of well-being within working ambiances. It illustrates the value of spirituality within organizations. The manner of living a personal and a group spirituality in the working ambiance is highlighted as a mode of helping to minimize competitive and conflicting connection within the laborers. It emphasizes how organizations that plan space and time to assist  a spiritual  dimension to their cooperators  both the atmosphere of the working place and the production outcomes improve. This article intends to express that the managing of spirituality in organizations has become a creative strategy that at long run affords surprising results to any organizations. That’s why a growing number of academic researches have been taken forward to contemplate the issue of spirituality.

Keywords: Well-being.  Spirituality. Working Ambiance.


Palavras-chave


Bem-estar. Espiritualidade. Ambiente de trabalho.

Texto completo:

PDF

Referências


BOFF, L. Espiritualidade: um caminho de transformação. Rio de Janeiro: Sextante, 2006.

BORBA, V.R. Espiritualidade na gestão empresarial: como ser feliz no trabalho. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2011.

BURKHARD, D.; MOGGI, J. Como integrar liderança e espiritualidade: a visão espiritual das pessoas e das organizações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

______. O Capital espiritual da empresa: A importância da gestão intuitiva nos negócios. São Paulo: Campus, 2009.

DAVENPORT, Thomas O. Capital humano. O que é e por que as pessoas investem nele. São Paulo: Nobel, 2001.

DRUCKER, Peter F. O líder do futuro, 11 ed. São Paulo: Futura, 2009.

KERBER, R. Espiritualidade nas empresas: uma possibilidade de humanização do trabalho. Porto Alegre: AGE, 2009.

MENEGAT, Jardelino. A gestão estratégica nas escolas da rede La Salle. 2004. Dissertação (Mestrado em Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2004.

MURAD, Afonso. Gestão e espiritualidade: uma porta entreaberta. São Paulo: Paulinas, 2007.

PIERCE, G. F. A. Espiritualidade no trabalho. Campinas: Versus, 2006.

REGO, A., SOUTO, S.; CUNHA, M. P. Espiritualidade nas organizações, positividade e desempenho. Comportamento Organizacional e Gestão, Lisboa, v. 13, n. 1, p. 7-36, abr. 2007.

RICHMOND, L. O trabalho como prática espiritual. São Paulo: Cultrix, 1999.

SOLOMON, R. C. Espiritualidade para céticos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

VASCONCELOS, A. F. Espiritualidade no ambiente de trabalho. São Paulo: Atlas, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.18316/1779

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PORTAIS & INDEXADORES:

Academic IndexAcademic IndexAcademic Index